Honoré de Balzac: Frequentemente chorava ao passear...

Frequentemente chorava ao passear naquele jardim, agora demasiado estreito para ela, como o pátio, a casa, a cidade: lançava-se antecipadamente pela vasta exten... Frase de Honoré de Balzac.

Frequentemente chorava ao passear naquele jardim, agora demasiado estreito para ela, como o pátio, a casa, a cidade: lançava-se antecipadamente pela vasta extensão dos mares.

1 compartilhamento
Inserida por polianapb