Carolina Bensino: Não me importo quando aconteça, desde...

Não me importo quando aconteça, desde que seja no meu tempo. Não sinto muito frio, mas me agasalho sempre. Não gosto de dormir sozinha, mas odeio ter que dividir o espaço da cama. Não consigo amar loucamente, sem antes detestar bastante. Nunca me apaixono à primeira vista, é sempre à segunda, terceira... Da última vez foi lá pela sétima. E durou apenas um final de semana depois disso, mas me custou treze reais de fast food e uma caixa de bombom. Saiu caro para um amor de um fim de semana e doloroso também... Mas nada que o tédio da segunda-feira não me tenha feito esquecer. Não sou muito constante, sou complicada, pouco equilibrada e tenho o péssimo hábito de revidar insultos e gritos. Não gosto de novelas e nem da areia da praia grudando nas pernas. Mentira, amo praia e só me irrito com a areia grudando nos dez minutos inicias, depois até esqueço. Gosto de banhos gelados pela manhã, é bom para curar ressacas de paixões contingentes da noite anterior. Sou indecisa, insegura nem tanto, meu problema é agradar. Odeio agradar sempre. Fico sempre com aquela sensação de falso comodismo, de que tem algo errado, afinal ninguém pode concordar sempre com tudo o que eu digo ou faço. Sou irritante, e na maioria das vezes, propositalmente. Gosto de carinhos fortes e de barba mal-feita. Gosto de estrelas e acredito em horóscopo. Pés e noites frias me aquietam com facilidade, eu gosto do frio. Porém, café e amor, só quentes.

1 compartilhamento
Inserida por cbensino