Marcella Prado: Eu, que sempre fui tida como sã, que...

Eu, que sempre fui tida como sã, que nunca chorava, e que pensava ser besteira esses amores impossíveis estava dentro da rede, presa pelas armadilhas do destino... Frase de Marcella Prado.

Eu, que sempre fui tida como sã, que nunca chorava, e que pensava ser besteira esses amores impossíveis estava dentro da rede, presa pelas armadilhas do destino e das minhas falsas esperanças.

1 compartilhamento
Inserida por marcellaprado