Andressa Meirelles: É uma mistura de todos os sentimentos...

É uma mistura de todos os sentimentos presente neste momento,a única coisa que tenho de concentro é o nosso começo. Porque neste momento é só o que vêem a cabeça. Dizem que quando as coisas estão no fim, a gente pensa no começo. Pensei que não iria passar por isso novamente. Mas está acontecendo tudo de novo...
E dessa vez tenho medo de não conseguir ser forte o bastante. Que coisa triste, não? Conhecer alguém, tornar esta pessoa o centro do seu mundo, e de repente você se vê sem nada, até mesmo, sem você mesma. É o preço que devemos pagar por querer esquecer quem somos por querer amar demais, por ser mais pelos outros.
Eu fui mais por você, sempre fui além do que sou por você.
Você não irá me deixar surpresa se me abandonar numa próxima segunda feira, eu já venho sofrendo por você desde quando a gente se conheceu.
E não há nada no momento que eu espere que me faça sofrer mais, ultimamente eu não tenho celebrado a vida, as coisas, os dias. Mas confesso que não vou desistir assim, entregando os pontos tão facilmente, não.
Amanhã quem sabe não exista um acontecimento inesperado que me faça sorrir como antes, que me faça sentir plena.
Eu não quero ter que apagar o teu rosto da minha memória, passar madrugadas implorando que o sono chegue que as lagrimas cesse e que a felicidade volte.
Por favor, não me faça ter que te inventar por longos dias solitários, gravar um amor na retina dos olhos é o mesmo que tatuagem, mesmo que existam soluções para a remoção, sempre existirão resquícios.
Voltamos ao ponto de partida novamente, estamos frente a frente com um futuro incerto e mal esclarecido.
É complicado ter que escolher se você fica em seu mundo ou se passa o resto da vida toda sem ele.
Só que tem horas que devemos ser o nosso mundo, porque tudo passa acontecer dentro de nós.

1 compartilhamento
Inserida por Andressameirelles