Paloma Garcez: Era uma vez uma menina que anoiteceu em...

Era uma vez uma menina que anoiteceu em vários sóis. Foi marcada e marcou a muitas coisas e pessoas, à brutas feridas e à breves espaços de se dizer tudo sem fa... Frase de Paloma Garcez.

Era uma vez uma menina que anoiteceu em vários sóis. Foi marcada e marcou a muitas coisas e pessoas, à brutas feridas e à breves espaços de se dizer tudo sem falar nada.
Era uma vez uma menina que já amou e foi amada, foi traída, foi abraçada, foi chutada, foi beijada com os olhos e morta por palavras.
Era uma vez uma menina que de tantos rascunhos resolveu então passar tudo à limpo. Resolveu amanhecer à luz da lua, sóis e velas.
Não importa, simplismente deixou ir a última lágrima, ergueu-se, sorriu e seguiu seu caminho.E isso agora não amassa, não extravia. Todos os rascunhos já estão no lixo.

2 compartilhamentos
Inserida por palomagarcez