Jean Carlo A. Mariano: O fim (da vida) Não obstante curvo-me...

O fim (da vida) Não obstante curvo-me à velhice. Como uma correspondência a Morte cobra seu preço por ter-me deixado viver. Minha vida, a Ela, a de pertencer. E... Frase de Jean Carlo A. Mariano.

O fim (da vida)

Não obstante curvo-me à velhice.
Como uma correspondência
a Morte cobra seu preço por ter-me deixado viver.
Minha vida, a Ela, a de pertencer.

Esta carcaça velha e cansada,
estupidamente fraca estas a ficar...
Lentamente sinto a força se afastar
e o fim a se aproximar.

Já vejo a luz do segundo andar.
A visão começa a falhar.
Sem lhe chamar, a morte, a me cisalhar
vem para me levar.

Há se pudesse dizer a Ela:
Hoje não, volta outro dia!

1 compartilhamento
Inserida por jeancarlomariano