Do pouco tempo que nos conhecemos,... Eduardo Franco Filho

Do pouco tempo que nos conhecemos, aprendi a aceitá-lo como és.
De algumas conversas que tivemos, os seus desabafos sobre o dia-à-dia, aprendi a dar ouvidos a alguém que considero especial para mim.

De alguma forma você me completa. Como lhe disse, você é meu presente de aniversário, Natal e Ano Novo para o resto de nossas vidas. Você pode ser considerada uma das pessoas mais chatas do mundo, mas para mim, isso você não é e nunca foi e nunca será. Este é seu jeito, e pronto!

Embora tímido, tem um coração grande porém mole, mas não exterioriza os sentimentos.
De alguns dias para cá, meu pensamento me leva à você. Às vezes meu coração bate forte como se quisesse sair boca à fora, mas fico quieto. Como você me disse uma vez. SINTO MUITA SAUDADE. É verdade....... por causa de você estou mudando, e isso também tem me acontecido.

O maior problema entre nós, é na hora de irmos embora. É difícil. Brotam em seus olhos as lágrimas que você tanto teima em segurar. Mas percebo que gostas de mim. Não adianta mais esconder o que já foi percebido.

Penso que você não quer que eu fuja de sua vida, e não quer que eu me separe de você e tampouco não quer que eu vá embora!! O momento que acho mais bonito é quando choras. Mas.... prefiro ficar quieto, mas a vontade é de lhe abraçar, mas eu tenho medo. Admito que faço piadinhas com verdades, mas acho melhor assim.

Eu quando me envolvo com alguém à sério, faço voto de Fidelidade e sou capaz até de usar alianças com as iniciais bordadas. Comigo é até que a morte nos separe. Mas aquele negócio. Dou liberdades para sair com suas amizades, mas tem que existir o voto de confiança entre ambos.

Eu presto muita atenção em você. Já percebi me olhando, mas lembre-se. Um olhar vale por mil palavras. O que sinto por você é real, verdadeiro, porém mantenho-me na posição neutro.

Sou sincero e isso você percebeu. Consequentemente você passou a ter mais de liberdades em alguns assuntos. Que isso seja uma constante.

Não posso afirmar que te amo, mas sentimento entre nós existe, e isso está em seus olhos.
Percebo que você tem medo de simplesmente me abraçar. Nunca tenha vergonha de exteriorizar o que você sente por mim. Ás vezes estamos amando, mas acabamos perdendo a pessoa amada por simples medo ou vergonha de expressar o que sente.

Como diz a matemática. A ordem dos fatores não alteram o produto. Em suma, busque a felicidade com aquela pessoa que você percebe que de fato esteja gostando de você.

Por simples indecisão de sua parte, você perderá alguém que de fato gosta de você, e inclusive perderá a pessoa amada. Você ainda tem tempo. Lembre-se que hoje você tem um receio de relacionamento sério.

Eu sofro com sua indecisão, mas fico quieto. Sei que sofres.... e muito. De repente seu coração bate forte e sei que seus olhos brilham por gostar de mim. Será que tens medo de amar?!

O que vier de você, NÃO VOU ME ARREPENDER. Sempre estarei aqui por uma única pessoa.

VOCÊ.

1 compartilhamento
Inserida por SouzaJPA