Zibeon Albuquerque T. Jr.: Quem te viu quem te vê. Cidade pequena...

Quem te viu quem te vê.

Cidade pequena tem dessas coisas, morei em Brasília e nunca tive a oportunidade de ver de perto uma carreata presidencial: várias motos da PRF, carros com vários agentes federais, polícia militar especial e aquele soar das sirenes. Hoje tive essa singular oportunidade, presenciei a passagem do excelentíssimo senhor e seu aparato hollywoodiano em frente ao prédio em que moro.
Aqui em Belém não se vai a lugar algum se não passar pela avenida presidente Vargas, o roteiro imposto aos mortais não poupou o digníssimo Presidente. O brilho niquelado das motocicletas, a sobriedade federal em uniformes e capacetes. - Priiiiiiiiii!.....trânsito parado, que venham os engravatados, -Auto lá, todos são suspeitos, a corte sindical irá passar.
Nasci numa capital, sou o que se pode chamar cosmopolita e urbanóide, pouca coisa do mundo dos pirilampos me impressiona, mas admito: fiquei impressionado. Imagino que onde for o senhor presidente, sempre o acompanhará essa produção cinematográfica, mesmo se fosse parecido com o Mário Bross seria difícil convencê-lo de que o mundo não está aos seus pés. Seria admissível presenciar um rompante de inveja do Michael Jackson se vivo o fosse.
Tudo aconteceu em poucos minutos, mas a cena ainda se repete na minha mente. Agora, que o hipnotismo passou resta uma pergunta: se essa viagem tem cunho político, ou seja, Lula veio até a minha porta para fazer campanha para a candidata do PT - Ele pensa que aqui somos provincianos a ponto de darmos crédito a “visita de campanha”- quem paga essa conta? Quero dizer quem está financiando esse filme? Quem é o produtor? Desculpem a falta de tato, não quero parecer insolente, mas queria saber se os eleitores dos outros candidatos também entram na ”vaquinha”.

ZATJ

1 compartilhamento
Inserida por zibeon