Moisés Bentes: Saudade que Ficou Se os seus olhos...

Saudade que Ficou


Se os seus olhos pudessem ver os meus olhos
Certamente choraria, certamente entenderia.
Nada passa dos dias em que viveu por perto
E ainda vive aqui, enraizado em mim.

Nunca me deixou para trás,
Mesmo quando a guerra já estava perdida.
Nunca se mostrou incapaz,
Mesmo quando minhas verdades[
eram uma grande mentira.]

Nunca deixou de semear girassóis,
Ainda que eu escolhesse andar por campos de sal.
Nunca ignorou a minha incompreensível voz
E sempre conseguiu me fazer pintar o bem[
da mais espessa sombra do mal.]

Se saudade é amor que fica,
Onde ficou a alegria?

1 compartilhamento
Inserida por moisesbentes