Paloma Almeida: Como ser mulher é dificil. A um tempo...

Como ser mulher é dificil. A um tempo atrás me senti o ultimo ser da face da Terra, vi o “amor da minha vida” com outra mulher, meu mundo parecia que iria desabar. Me senti feia, gorda, burra.. tudo de ruim! Na hora fiquei com vontade chamar ela disso tudo, mas eu não poderia chama-la disso, porque na hora só quem se sentia assim era eu. Ela estava com a coisa que eu mais queria no mundo, ele.
Então decidi não fazer isso comigo, não me martirizar tanto, e resolvi fazer tudo para me tornar mais bonita, mais magra e mais inteligente que ela.
Resolvi tratar minhas espinhas, cortar meu cabelo, colocar uma tinta nele, fazer a sombrancella, usar roupas mais marcantes, ser mais mulher caprichar na maquiagem, todos os dias! Comecei a caminhar e fazer academia, pra ficar com um corpo bem lindo e gostoso. Comecei a ler livros, pesquisar sobre coisas que eu não entendia, que eu não sabia, me tornei alguém mais culta.
Conheci novas pessoas, fui pra lugares mais descolados e diferentes.. E aos poucos fui me sentindo melhor, e todo dia me olhava no espelho e me sentia mais linda e pensava “Ele vai ver como sou linda e mereço o amor dele, ele vai ver que aquela lá não é nada perto de mim”. E assim fui vivendo durante meses e meses.
Até que chegou um dia que eu me senti tão linda, tão magra e tão inteligente que decidi encarar ele, passar por ele como se ele não fosse nada…
Vendo ele com ela me senti tão mal, o que aconteceu? Fiquei tão mais linda, mais gostosa, mais magra, mais inteligente e culta que ela, qual o problema comigo? Tantos homens me querem, porque só ele não? E fiquei tempos e tempos me martirizando, pensando porque na mesma hora que ele me viu ele não saiu correndo pra implorar meu amor? A verdade é que não havia problema algum comigo, o problema era com ele… Ele havia se apaixonado, e nada que eu fisesse mudaria ele, eu teria que tentar reconquista-lo assim como já havia conquistado uma vez. Me aproximei dele, mostrei pra ele tudo que eu era, como eu havia mudado, mas em nenhum momento parei minha vida por ele, continuei saindo, beijando muito, aproveitando muito minha vida… Até que chegou um dia que ele brigou com ela, e veio diretamente me procurar, fiquei com ele e me senti feliz, mas não a felicidade de ter meu amor novamente como eu queria no começo, mas sim uma felicidade de ter conseguido o que eu queria, que ele me quisesse novamente, me desejasse novamente. No outro dia senti como se nada tivesse acontecido, e a cada dia que eu ficava mais com ele, mas eu via que tinha algo errado. Eu não tava feliz por estar com ele, sentia que ele não conseguia me fazer feliz como outros haviam feito, a partir daquele momento eu descobri que eu tinha me tornado linda demais, inteligente demais, gostosa demais e culta demais pra ele, e que ele não me bastava mais… Foi aí que eu percebi que o que realmente me fazia feliz era me sentir linda, inteligente.. Me fazia feliz sair com meus amigos, aproveitar minha vida e ter outras pessoas, me apaixonar por outras pessoas. E ele virou só uma pagina de um livro que perdeu a graça de ler. E eu, uma enorme enciclopédia!

12 compartilhamentos
Inserida por palomaalmeida