Carolaine Amaral: Dia 17 Hoje exatamente um ano e quatro...

Dia 17

Hoje exatamente um ano e quatro meses!
(risos) pra muitos, nem é motivo pra comemorar... Nem mesmo pra mim, não vejo motivo para comemorar!
Ou até vejo?
Eu me lembro do dia em que você me mostrou que o que realmente sentia era amor.
O dia em que alcancei o céu, em pulos!
Eu me lembro do primeiro beijo, do primeiro amasso... E ate da primeira vez que te vi chorar!
Infelizmente, já são quase quatro da tarde, do nosso aniversário de namoro, e nem sinal de você. Não posso dizer que não te vi, porque quando sai de casa para o trabalho, você estava na frente de casa, e eu nem podia agir normal, ou ignorar-te, pois meu coração ainda pulsa quando te vejo. E quando te vi, ali, pude alimentar a esperança de que você estava ali pra me ver.
Mas será que estavas?
Sei lá...
Como eu queria te levar pra sair, embora essa missão seja sua!
Eu queria poder te mostra, um pouquinho de um dia divertido comigo... Mas... Nem pensar!
É esse jeito de namora escondido... que me mata aos poucos
Meu texto esta com vários potinhos (...) porque eu não tenho certeza das coisas
QUE ESCREVO!
Pois variam.
Tem dias que acordo me sentindo a melhor pessoa do mundo, mas tem dias que nem sei por que acordei!
Qual é a solução?
Arrumar outro?
Ironia. Pois ele não seria a metade do que você é!
Sair dessa?
Já tentei e foi como me dar um tiro, tentar suicídio, e não ter êxito, pois desde a ultima vez que tentei isso, fiquei com seqüelas!
O que eu faço?
Se eu tivesse uma resposta boa, já teria posto em prática!


Vou ser amando-te. Até que um dia perceba que eu menti pra mim mesma ou eu consiga chegar lá!
Mas não posso mais negar que estou sofrendo!
Mas também não posso negar
QUE EU TE AMO.

1 compartilhamento
Inserida por carolaine-rs