Janine Lamenha: Com o tempo você aprende que a maioria...

Com o tempo você aprende que a maioria dos sins só dura uma noite. Que você já se iludiu antes, antes e antes, e todas as vezes disse a você mesma: da próxima vez vai ser diferente. Mas não foi. Tudo começa com alguns olhares, você vê naquela pessoa algo que te atraia irrestivelmente, algo que te tire o ar, que faça o teu coração chegar na garganta, você chega em casa e não para de pensar nesse garoto. Mas que diabos ele fez para você se encantar assim? Você corre para as amigas e fala dele incansavelmente, parece que não tem outro assunto, chega a ser chato. Depois da conquista vem o tal 'aceito'. Mas não em pedidos de namoro, casamento ou qualquer outra coisa parecida. Não em contratos, não um 'aceito' dito ao corretor referente àquela casa perfeita.. É um aceito referente ao coração, quando você se permite deixar que outra pessoa seja mais importante que você. Começam as brigas, as mudanças. Ele, numas horas doce, e noutras te tratando como lixo. Você sofre, chora, se pergunta o porquê de ter deixado a situação chegar a tal ponto. É simples: Alguns caras são como aquele sapato que você sonha a tempos. Perfeitos para você: Na vitrine. Então levante-se, enxugue as lágrimas, acreditar não faz de ninguém um tolo. Aliás, 'ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não-fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo à porta.' Você é esperta, assiste filmes com angelina e brad, lê livros de bom gosto, seu cabelo nasceu pra ser sacudido em comecial de xampu. Gosta de música, faz uma macarronada maravilhosa e tem todas as curvas no lugar (quase todas). Não importa, Você tem bom humor, é extrovertida, sincera e fiel, não pega no pé de ninguém. Com um currículo desse, criatura, pra que chorar por quem não merece? Você vai rir disso um dia, quando estiver se apaixonando por outra pessoa. E vai aprender que a maioria dos sins só duram uma noite

129 compartilhamentos
Inserida por JanineLamenha