AmandPetrovic: Diferente dos outros textos, foi uma...

Diferente dos outros textos, foi uma tortura começar a escrever esse. Não quero acreditar que será o último que vou escrever, tomara que não seja, pois isso ainda é a única coisa que me torna perto o suficiente da perfeição, de decifrar cada gesto seu, cada toque seu sobre a minha vida. Você foi uma das pessoas que eu nunca imaginei que iria encontrar na minha existência, uma das pessoas que eu nunca aceitaria perder, mas acabei perdendo. Na verdade eu sempre te entendi, só que nunca quis admitir que te entendia e que sabia sobre as sua irônias. Eu sempre soube suas manias, e sempre fiz questão de esconder que sabia cada ponto fraco seu, cada pensamento seu. Nunca pensei ser capaz de me aproximar tão perto de algo tão longe, nunca pensei amar como amei, me entregar como me entreguei. Eu ainda lembro das suas frases contínuas, das suas palavras amigas, do seu carinho, do seu amor sobre mim. Ainda me lembro dos seus olhos castanhos mergulhados na minha alma. Lembro do seu calor sobre o meu corpo, lembro da distância e dos obstáculos que viviam em nossos pensamentos. Eu sei que hoje, já não sente mais o mesmo por mim, confesso que já não mantenho aquele amor dentro de mim. Mas apesar do tempo e da distância constante, nunca deixei de pensar em você um segundo sequer, nunca desviei meu pensamento para outra pessoa que não fosse você. Muito mais que um amor, muito mais do que um conselheiro, você foi um amigo verdadeiro. Eu escutei músicas românticas por muito tempo (eu não sou romântica), e cada verso eu imaginava um momento, lembrava um sentimento perdido dentro de mim à muito tempo, que eu desvendei quando te encontrei. Cada verso de qualquer música, eu lembro de você e, eu não esqueço de reescrever sobre o que eu sinto, sentia.. Eu só não quero fazer parte do seu passado, não quero fazer parte das lembranças esquecidas. Eu continuo longe, mas não o suficiente para te esquecer, não o suficiente para te perder. Eu posso não ter sido o melhor 'amor' do mundo para você, posso não ter demonstrado tudo aquilo que eu sentia, mas acredite.. nem uma vida toda poderia ser guardada para te dizer tudo o que eu senti por você, tudo o que você representa para mim. Praticamente 1 ano e 6 meses. Dizer que te amo, já não serve mais, cantar alguma música seria ultrapassado demais, mandar uma carta não me satisfaz, te ligar me daria vergonha de dizer tudo o que eu sempre guardei e pensei em dizer. Bom, nada seria suficiente, pois já é mais do que um ano e eu já fiz tudo o que eu pensei e sonhei em fazer para te dizer o quanto eu amei você. Não sinta que eu não te amo mais, eu continuo te amando na mesma intensidade, só que de um modo diferente, não como antes, nem como agora.. eu realmente não entendo o que eu sinto agora. Eu sinto um carinho imenso por você, e faria de tudo só para te ver feliz, porque a sua felicidade é a minha felicidade, porque o seu sentimento, é o meu sentimento. Eu nunca vou esquecer de você, nunca esqueci. Você tocou meu coração como nenhum outro conseguiu tocar, você me amou como nenhum outro conseguiu me amar. Você foi, é e sempre será o meu gatinho, o meu amigo, o meu conselheiro, o meu admirador, o meu eterno namorado. Porque tudo o que eu vivi com você foi eterno, tudo o que eu senti por você foi sincero. Meu amor por você nunca vai se acabar, eu sempre vou te amar. (09-06-10) Último txt inlove.

1 compartilhamento
Inserida por amand-petrovic