Eduardo Aques: Eu e a Lâmpada) Do aconchego da...

Eu e a Lâmpada)

Do aconchego da luminária,
A solidão me compartilhava.
Eu olhava a lâmpada e a lâmpada me olhava.

Da fresta da janela entreaberta,
Um fio de luz sua face tocava.
Eu olhava a lâmpada e a lâmpada me olhava.

Com sua aparência fria,
Às vezes, parecia que sussurrava.
Eu olhava a lâmpada e a lâmpada me olhava.

Lá fora, ao som da música natalina e dos rojões,
Todos pulavam e comemoravam.
Eu olhava a lâmpada e a lâmpada me olhava.

No vazio do quarto escuro e frio,
Um sentimento de abandono pairava.
Eu olhava a lâmpada e a lâmpada me olhava.

No pensamento, a imagem feminina
Daquela que eu tanto amava.
Eu olhava a lâmpada e a lâmpada me olhava.

Havia sido uma daquelas noites em que
Parece que a gente nem sonhara.
Eu olhava a lâmpada e a lâmpada me olhava.

Eu colhia ânimos para mais um dia de trabalho,
Ela continuava triste e calada.
Eu olhava a lâmpada e a lâmpada me olhava.

Ao sair do quarto escuro, e sem olhar pra trás,
Eu apenas imaginava
Eu olhava a lâmpada! Será que a lâmpada me olhava?

1 compartilhamento
Inserida por EduardoAques