Poeta Nilo Deyson Monteiro: ⁠Como aceitar a partida que nos divide...

⁠Como aceitar a partida que nos divide da segurança da presença? Onde encontrar o radiante sorriso que se fazia tão protaginista em nossos encontros? Um céu tra... Frase de Poeta Nilo Deyson Monteiro.

⁠Como aceitar a partida que nos divide da segurança da presença? Onde encontrar o radiante sorriso que se fazia tão protaginista em nossos encontros?

Um céu tranquilo assiste a solidão das ondas que me tentam falar da vida, eu, por minha vez me acento à beira da areia da praia, 
Viajo sozinho em meu coração a procura das respostas. 

A memória talvez morra antes do horizonte, entre o céu e a terra, a desilusão da minha alma que precisa de você, se perde nos vôos da imaginação, perdendo a razão pela saudade. Pode haver daqui a um pouco um conforto sem confrontos, que me dêem a estrutura de olhar para os céus e dizer: "até breve, já já a ilusão termina".

Nilo Deyson Monteiro