Rui Alexandre Cascão de Campos Oliveira: Janela d' Alto Mar Amor é gravidade É...

Janela d' Alto Mar Amor é gravidade É um princípio sem fim, É um contemplar da verdade Que dói dentro de mim. É um querer ser ou não ser É Espinho de rosa em ja... Frase de Rui Alexandre Cascão de Campos Oliveira.

Janela d' Alto Mar

Amor é gravidade
É um princípio sem fim,
É um contemplar da verdade
Que dói dentro de mim.

É um querer ser ou não ser
É Espinho de rosa em jardim.
Botão que abre ao amanhecer
É espinho que espeta sem fim.

Amor é profecia profana
Do sonho na imaginação humana.
É desalento que esmorece,
É chama que não arrefece.

Amor é nobre poltrona
Onde descansa a dona.
É onde o burguês perde o medo
De tão malfadado enredo.

É definhar quando escrevo
Enquanto mistério me atrevo
A encontrar tão belo lugar
Daquela que está à janela,
Perto de alto mar.

Inserida por ruialexoli