Monica Campello: MEDO DE JESUS: a presença de Jesus tem...

MEDO DE JESUS: a presença de Jesus tem poder!

As pessoas que não conhecem Jesus, que não têm intimidade com ele, costumam ter medo da presença dele.

Elas não se sentem à vontade onde Jesus está presente pelo medo de ter de se desfazer de sentimentos, coisas, ações e comportamentos que ele condena, mas que elas normalmente aprovam por não verem “nada demais” no que fazem.

Se Jesus com toda a sua autoridade chega diante delas, elas estremecem porque logo lhes sobe à mente uma autocondenação, sem precisar que Jesus lhes diga nada. (Rm 14:22)

Desse modo, para quem prefere as coisas mundanas às santas, introduzidas por Jesus, isso só lhe serviria de tropeço aos seus intentos visto que não correspondem aos pensamentos de Jesus.

Há pessoas que preferem permanecer no mal porque creem que lhes faz bem. Uma verdadeira contradição que reflete a falta de discernimento de valores.

Por exemplo, nutrir sentimento de vingança é, para alguns, uma forma de alimentar a alma, i.e., de se sentir fortalecido contra alguém pelo mal que esse alguém lhe causou.

Porém, a vingança é do Senhor e não do homem. (Dt 32:35; Rm 12:19). Ou seja, alimentar a vingança é algo que Deus reprova, mas há pessoas que não querem abandonar seu sentimento de vingança.

Assim, a presença de Jesus se torna um empecilho, pois leva a pessoa a reconhecer que está contaminada por um mal que ela aprecia e pensa que lhe faz bem.

“E a multidão começou a insistir com Jesus que fosse embora, e deixasse o seu território!” (Mc ‬5:17), pois a presença de Jesus atrapalha o andamento, o funcionamento de determinados projetos humanos.