Geraldo Neto: Lua que nasce dos umbrais das noites,...

Lua que nasce dos umbrais das noites, acampando entre as estrelas na espreita do sol, esta lua que ilumina os apaixonados extasiados, enamorados pelo crepúsculo... Frase de Geraldo Neto.

Lua que nasce dos umbrais das noites,
acampando entre as estrelas na espreita do sol,
esta lua que ilumina os apaixonados extasiados,
enamorados pelo crepúsculo do arrebol.

Luzes de brilho delirante,
inebria-nos de sonhos extenuantes.

Lua dos poetas virginais,
pelos dedos altivantes das noites colossais,
dedilham a rima da vida imortal.

Luzes que se bordam na madrugada,
esta lua é o destino,
a esmola do pequenino,
e dos que vagam pelo nada.

Lua dos ávidos expiativos,
esta lua é o céu,
o amargo do mel,
e da paixão inatingível.

Inserida por gnpoesia