Yvianne N. F. Takeda: Deixei a janela aberta. O vento entrou....

Deixei a janela aberta. O vento entrou. Fez a maior bagunça. Saiu como se nada tivesse acontecido. De quem é a culpa? Minha, do vento, da janela ou da bagunça? ... Frase de Yvianne N. F. Takeda.

Deixei a janela aberta.
O vento entrou.
Fez a maior bagunça.
Saiu como se nada tivesse acontecido.
De quem é a culpa?
Minha, do vento, da janela ou da bagunça?
A vida é assim.
Não se trata do outro ou das consequências.
É sempre eu, auto responsabilidade.

Inserida por Yvianne