Giandra Meyne: Eu ando na pretensão de te ter Mais sei...

Eu ando na pretensão de te ter
Mais sei da sua trajetória
Procuro sempre me envolver
Sem pertencer
De estar sem depender
Um segundo seria o infinito perto de ti
Todo tempo pequeno no desejo de sentir
De todas minhas escritas a mais sincera tem sido você
De todas minhas linhas
Nenhuma te definiria
Que seja amizade
Que seja saudade
Que apenas seja
Você é confiança sem receio
De todos os dias meu anseio
É luz que me ilumina
Paz que contamina
Se por acaso chegou
Se veio da dor
Esteja por certeza
Sem cobranças
Suas palavras não são alianças
Sua intensidade combina com a minha
Mais nossa trajetória ainda distância
Tu diz que gosta do que escrevo
Que vê sentido nos meus devaneios
Eu amo tua voz, sinto cada canção no violão
Cada letra que te espelha
Eu evito me mostrar
Tu consegue me ler
Eu evito focar
tu diz pra pensar em você
Eu poderia me acostumar a de algum modo te querer
Você é cuidado diário
Carinho inesperado
Inspiração e rotina
Mesmo longe a melhor companhia
Poderia dizer que amo te ter
Mais é muito relativo
Então eu amo todo esse tempo contigo
E se for ou ficar
Só posso agradecer por hoje estar.

Inserida por Giandra