Luciano Spagnol - poeta do cerrado: ALANCEADO (soneto) Chorei, quando te...

ALANCEADO (soneto) Chorei, quando te perdi. Mas sentir Saudades... foi o maior do sofrer E do céu cinzento ali a emudecer Você, te vi de minha alma partir! Talv... Frase de Luciano Spagnol - poeta do cerrado.

ALANCEADO (soneto)

Chorei, quando te perdi. Mas sentir
Saudades... foi o maior do sofrer
E do céu cinzento ali a emudecer
Você, te vi de minha alma partir!

Talvez foi o fado, no seu querer
Ou as falhas que nos fez desistir
Competir? Com o desafeto, ir
pela contramão, não sei ser...

Porém te digo: - por ti fui vigor!
E se nesta dor, se aqui eu choro
É porque um dia eu pude sonhar

Talvez sonhei demais, fui sonhador
Mas, tal qual um certeiro meteoro
Alanceou quem a você quis amar!

© Luciano Spagnol - poeta do cerrado
Março de 2020 - Cerrado goiano

Inserida por LucianoSpagnol