Maria Lu T S Nishimura: Quando eu partir Quando eu partir,...

Quando eu partir

Quando eu partir, encontre - me no Google,
no Facebook, no Instagram ou no Twitter,
estarei nas nuvens postada no meu blogue
em milhares de poemas, se quiseres ler...

Quando eu partir não precisa me curtir,
afinal a morte não se curte, se lamenta,
mas, talvez minha falta não possa sentir
e diga que fui tão ardida feito a pimenta!

Quando eu partir o que importa o que diz,
deste tudo que sou, ou nada que mais ser...
Ser...ou não ser, eis a questão que não fiz,

por não ser igual a ninguém no meu viver
sendo apenas eu mesma! Este ser feliz!
Depois é vida eterna no alcance ao morrer.

II

Depois, na vida eterna no pleno existir
estarei na ar, no mar, no céu e no luar,
estarei no movimento: no ato de ir e vir;
quem sabe serei uma estrela a brilhar!

Depois, na vida eterna verei tudo de lá
estarei junto de Deus que tudo pode ver;
que sabe o tudo quanto é, foste ou será
e numa incógnita apenas o eterno viver!

Depois, na vida eterna o ser sem corpo,
o viver sem matéria, plena só para amar,
Espírito eterno de luz, um ser no Olimpo...

Depois, na vida eterna sem Cruz da vida,
vida de Jesus Cristo o pregador do campo
depois na vida eterna, a vida sem dúvida!

III

Quando eu ressurgir a viver a ressurreição,
reencarnação do Espírito que prega o amor
poderia ser quem reconhecer a alucinação
ou a verdade na remissão de ser pecador...

Aquele que vem buscar o seu polimento
pagar seu débito carmático e carismático
porque foste reivindicador de pensamento
na pregação de um sábio ou um lunático!

Caso eu não ressurgir, então reze por mim
faça orações e preces em minha memória
porque santificada será a alma deste fim,

em que alcancei a perfeição e toda a Glória!
Mas, se eu ressurgir, outra vez partirei enfim
e outra vez morrerei até ser eterna memória!