Maria Lu T S Nishimura: Instinto selvagem Cuido de mim que sou...

Instinto selvagem Cuido de mim que sou onça selvagem; O meu rugido estronda floresta afora, passos velozes deixo sobre a aragem e sobre as árvores fico pra por ... Frase de Maria Lu T S Nishimura.

Instinto selvagem

Cuido de mim que sou onça selvagem;
O meu rugido estronda floresta afora,
passos velozes deixo sobre a aragem
e sobre as árvores fico pra por a mira...

Pois, da justa forma que me caçam, caço,
a generosidade é somente da natureza,
pelo instinto que fez livre sem duro laço
na selva sem mestrado da cruel certeza!

Em que no tudo se foca a padronização
do quanto mais se pode, mais se explora,
amansa, amassa e no dito, a regra, a lição!

No mais cuido de minha vida de onça
dos outros animais, cuidam a criação...
Entre uns, se extinguem nalguma lança!