Ministério pãodiário: Bondade E Graça Eu ouvi falar de...

Bondade E Graça

Eu ouvi falar de você. . . mas agora meu olho vê você. Por isso me abomino e me arrependo no pó e na cinza. - Jó 42: 5-6

Um adolescente cujo pai é abusivo disse-me: "Eu quero ser um bom homem como meu professor de escola dominical e como você, não como meu pai".

Eu certamente poderia concordar que seu professor da escola dominical era um “homem bom”, e eu estava feliz que ele também me via como “bom”. Como a maioria dos crentes em Cristo, eu quero ser reverente, grato, bondoso, perdoador, puro. no meu estilo de vida e obediente a Deus. Mas também conheço a pecaminosidade do meu próprio coração e quão dependente sou da bondade e graça de Deus.

O Senhor falou de Jó como “homem íntegro e reto, temente a Deus e evita o mal” (Jó 1: 8). No entanto, após todas as suas provações, Jó disse: “Eu me abomino e me arrependo no pó e na cinza” (42: 6). Ele sabia o que ele era além da misericórdia de Deus.

De uma perspectiva humana, muitas pessoas podem ser descritas como “boas”. Mas Deus vê a loucura espiritual, a desobediência, a cegueira, o egoísmo e o ódio que estão profundamente dentro de todos nós. E quando Ele abre nossos olhos para ver a nós mesmos como Ele faz, nós entendemos porque um “homem bom” como Jó disse que ele se abominava.

Senhor, ajude-nos a ser bons, mas nunca perca de vista nossa pecaminosidade inerente e nossa indignidade de Seu favor. Obrigado pelo perdão que você nos oferece em Cristo.

Ensina-me, Senhor, minha verdadeira condição,
Traga-me infantil ao seu lado;
Que eu nunca confie em minha bondade -
Somente em sua graça habite. —Anon.

Mesmo as melhores pessoas não têm nada para se gabar. Herbert Vander Lugt

Inserida por 2019paodiario