Aldo Teixeira: Quanto menos tempo, Mais frequente....

Quanto menos tempo, Mais frequente. Quanto mais abraça, Mais sufoca. Quanto tempo tenho até a próxima? Dia após dia Cresce o cipó. E ao fim do dia, é pó da cons... Frase de Aldo Teixeira.

Quanto menos tempo,
Mais frequente.
Quanto mais abraça,
Mais sufoca.
Quanto tempo tenho até a próxima?
Dia após dia
Cresce o cipó.
E ao fim do dia, é pó da construção
O homem é a construção.
O monumento é o transcorrer.
A interseção entre o real e o imaginário.
Um ponto.
O homem chora por dentro,
Para dentro é dimensão.
É direção!
Faz sentido e faz sentir.
Até breve, ou até longo.
Deixo meus comprimentos á onda.

Inserida por AldoTeixeira