LU- Curas Essa coisa que trago e que me... Luciano Calazans

LU- Curas Essa coisa que trago e que me traga essa desmesura de luz que aporta Em meu cais aberto às embarcações vindas do nada, trazendo sua mercadorias Catrai... Frase de Luciano Calazans.

LU- Curas

Essa coisa que trago e que me traga
essa desmesura de luz que aporta
Em meu cais aberto às embarcações
vindas do nada, trazendo sua mercadorias

Catraias, saveiros, navios mercantes
diferentes idiomas, trazem consigo
Variados fusos e confusões diárias
esquecendo o silêncio profundo da alma

Sim, me tragam, sugam e devoram
parte dos restos em entropia latente
naus perdidas em águas, como gente

Num ato antropofágico e ambivalente
num vai e vêm interminável e angustiante
Ah! Que saudade de um novo Dante

Do Estige, hoje, paraíso revisitado
de círculos que poderiam não girar
Nessa coisa que traga, engole, rumina

Labaredas de um fogo eterno e nuclear
que só jaz quando o silêncio solitário
Traz a paz para uma reflexão

Que a vida me trague e me traga, então.

Luciano Calazans.

1 compartilhamento
Inserida por Maestroazul