Luciano Spagnol - poeta mineiro do cerrado: PAIXÕES Amores, latejo em ti, nas...

PAIXÕES Amores, latejo em ti, nas saudades, por onde Estive! e sou estórias, e rasto, e madrugadas E, em recordações, o meu coração responde Num clamor tal ao v... Frase de Luciano Spagnol - poeta mineiro do cerrado.

PAIXÕES

Amores, latejo em ti, nas saudades, por onde
Estive! e sou estórias, e rasto, e madrugadas
E, em recordações, o meu coração responde
Num clamor tal ao vendaval e folhas levadas

Daqui do cerrado, e teus cipós, e tua fronde
Gorjeiam as melodias, e desenham estradas
Na memória, onde, além, o passado esconde
Da pressa, e as doces perfumadas alvoradas

Recordo, choro em pranto, eram dias felizes
No prazer, tal uma flor, de ti, pimpo e exulto
E eu, suspirando, poeto loas com cicatrizes

Tu golpeada e finda, - e eu fremirei sepulto:
E o meu silêncio cravado, em vão, tal raízes
Se estorcerão em dor, penando sem indulto.

© Luciano Spagnol
poeta do cerrado
Novembro de 2018
Cerrado goiano
Olavobilaquiando

2 compartilhamentos
Inserida por LucianoSpagnol