Antonio Montes: LEVÍSSIMA Leve... Levíssima leve Leve...

LEVÍSSIMA Leve... Levíssima leve Leve a culpa breve do bonde do tempo, da linha que alínea e arrepia, pegue e leve-me como for avia! Avia... Espia a passagem se... Frase de Antonio Montes.

LEVÍSSIMA

Leve... Levíssima leve
Leve a culpa breve
do bonde do tempo,
da linha que alínea e arrepia,
pegue e leve-me como for
avia! Avia... Espia a passagem
sem motor ou engrenagem
sem amor, sem calor.
Leve se for leve... Leve
a flor as pétalas do caminho
a poeira o pó dos paralelepípedos
os tipos e aerotipos múltiplos
os bullyings e seus insultos
os vultos do futuro caduco
os brutos... Marrucos malucos
e os eunucos da esperança,
judeus da dor...
O fungo dos frutos... E a
corda bamba, de uma criança.

Antonio Montes

1 compartilhamento
Inserida por Amontesfnunes