Edgard Abbehusen: As portas se abrem, os ciclos se fecham....

As portas se abrem, os ciclos se fecham. A vida passa e o tempo voa feito um passarinho batendo asas enquanto apanhamos da saudade do que a gente perdeu por não... Frase de Edgard Abbehusen.

As portas se abrem, os ciclos se fecham. A vida passa e o tempo voa feito um passarinho batendo asas enquanto apanhamos da saudade do que a gente perdeu por não dizer que ama. Por esquecermos que tem gente que espera contar com a gente.
Quem será que dará o abraço que não pode ser mais dado? E sobre aquele beijo que esteve ali o tempo todo do nosso lado e agora já não existe mais? Porque damos tanto poder ao não enquanto o sim espera lá fora, no frio, atrás de porta que só deixamos fechada. Por medo. E permitimos que o orgulho vencesse o amor, que o costume confundisse a história que nem era mais nossa. Será que é humano ficar parado olhando o tempo voar? Será que ninguém conta, em alguma idade da vida, que também temos asas? Ou sempre será tarde demais para ousarmos alcançar o tempo?

1 compartilhamento
Inserida por mairacastro2013