Elisa Salles: QUERO O QUE? Sinto-me tão viva e tão...

QUERO O QUE?

Sinto-me tão viva e tão sepultada...
O sol queima minha pele morena. Cor de cobre
O vento a assopra em total liberdade de toques
Toda uma expressão do que me é negado.

Sinto olhares sobre mim.
Homens me olham
Mulheres me fitam
Me excito com eles...
Desejo saber sobre os seus desejos
Quero que me contem sobre suas fantasias
Na plenitude de possuir a liberdade de ser
Devorar, comer, sorver uma bela macarronada
Minha boca é ávida por novos sabores.

Sinto uma fome imensa de tudo que há
Da carne fresca e cheia de dores e medos
Ardentes por dias felizes, de amores livres
Fremente sobre mim esta vida que não vivo
Tesa... Reteso meu libido e meus sentidos
Escorregadia por entre os dedos do mundo
para dentro dos meus espaços arcaicos e profundos
Tanto. Quanto. Tudo
que não ouso...

Sou assim...
Louca por beijos
Mãos ousadas
Amores transviados
Sem vergonha
ou pudores.

Mas me aquieto.
Viro o rosto para a parece e adormeço
no enfado de tudo o que sonho e não realizo.

1 compartilhamento
Inserida por elisasallesflor