Semeadores de Sentimentos: E sobre como vejo você. Gentileza...

E sobre como vejo você.
Gentileza infinita, só não maior do que sua amabilidade e não menos importante do que isso também é você ser tão paciente e tolerante, um devorador de livros que de vez em quando, dotado de sarcasmo dissimulado em simpatia, dá uma vontade de matar.
Mas sempre passa, quando começas a sorrir sutilmente, revelando seu humor irônico, embora seja apenas divertido e bem leve, assim como é o seu jeito de descansar, encostando a cabeça no armário, com olhos fechados e mãos para trás, apoiadas no balcão, com os pés cruzados na direção da mesa, ocupando parte da pequena cozinha e sua respiração profunda.
Pareces tão feliz que contagia cada canto com sua paz, deixando o mundo caótico que me agita as ideias do lado de fora da cozinha e fico só observando cada expressão dos seus gestos, esquecendo de terminar de contar o problema que enfrentei no meu dia cansativo.
Pessoas como você são utensilios fundamentais para qualquer copa, infelizmente já não se compra em qualquer vitrine o mesmo modelo.
A sua presença me é uma honra indispensável e sua maneira de me acompanhar é o que me faz querer voltar para essa cozinha todos os dias da minha vida.

1 compartilhamento