Lua barros: Poema Excêntrico II Não temas a...

Poema Excêntrico II

Não temas a rapidez do tempo
Este não tem rédeas
E quase sempre é pontual
Embora a velhice se aproxime
A juventude permanece sem rumo
No paralelo dimensional.

1 compartilhamento
Inserida por Bateforteotambor