Jean Réus: Perdi as contas das inúmeras vezes que...

Perdi as contas das inúmeras vezes que essa Ser errou, penso as vezes comigo se é proposital a ponto de errar tanto. Ou por eu cria a tal expectativa, querer tu... Frase de Jean Réus.

Perdi as contas das inúmeras vezes que essa Ser errou, penso as vezes comigo se é proposital a ponto de errar tanto. Ou por eu cria a tal expectativa, querer tudo certinho e ela não ser sensata nenhum pouco. Talvez o erro não está nela, pois ela é assim, seus costumes, suas amizades, seu ambiente. E sim em mim ! Pois tenho conhecimento do problema que é você, e do futuro que não enxergo. Eu não sei do porque eu ainda estou aqui, insistindo em nós, será pelo teu beijo cheio de desejo diferente de todos os outros passados, e que me faz imaginar em não encontrar algo igual. Será esse cheirinho gostoso que sai do teu corpo por inteiro, na nuca, teu cabelo... Complicado pra mim, realmente eu não sei, mas por enquanto vou ficando por aqui, mergulhando em você, sem saber se vou ter fôlego pra me sair.

1 compartilhamento
Inserida por Recitador