Poeta mineiro do cerrado - LUCIANO SPAGNOL: SONETO AO PÉ DO PEQUI O fado ao pé do...

SONETO AO PÉ DO PEQUI O fado ao pé do pequi, no cerrado pôs-me a ouvir e um soneto narrar estórias que eu não podia imaginar e que fez da gratidão o meu agrado ... Frase de Poeta mineiro do cerrado - LUCIANO SPAGNOL.

SONETO AO PÉ DO PEQUI

O fado ao pé do pequi, no cerrado
pôs-me a ouvir e um soneto narrar
estórias que eu não podia imaginar
e que fez da gratidão o meu agrado

Era o destino me propondo reciclar
pra me tirar do espírito aperreado
do fútil que estava acorrentado
me dando a chance doutro lugar

Sim, ai eu pude então ser evocado
qual a terra prometida, vim me achar
na eterna busca de ser encontrado

De filho pra pai, pai me vi no olhar
então na compaixão fui anunciado
e entendi o doce sentido de amar...

Luciano Spagnol
Cerrado goiano
ao meu velho pai

1 compartilhamento
Inserida por LucianoSpagnol