Amor eterno No saber, eu quero, és quem... Poeta mineiro do cerrado -...

Amor eterno No saber, eu quero, és quem eu quero Não é algum engano, nem do coração Se é preciso terei calma nesta paixão E com paciência, assim, eu te espero A... Frase de Poeta mineiro do cerrado - LUCIANO SPAGNOL.

Amor eterno

No saber, eu quero, és quem eu quero
Não é algum engano, nem do coração
Se é preciso terei calma nesta paixão
E com paciência, assim, eu te espero

Até quando te aguardar? Sem noção!
Pois o meu amor por ti é muito sincero
E quando se sonha, tudo é próspero
E no afeto de verdade, nada é em vão

Se o tempo deixar, se não for austero
Aqui vou estar, irei além de ser razão
Neste ou noutro plano serei só seu

Nesta vida, eu, neste amar te venero
Se houver eternidade, com permissão
Pra poder dizer: amo você! Tudo valeu!

Luciano Spagnol
29/06/2016, 10'22"
Cerrado goiano

1 compartilhamento
Inserida por LucianoSpagnol