Nanda Ribeiro: Preciso arrumar um jeito de não ver teu...

Preciso arrumar um jeito de não ver teu rosto por todo lado desta cidade.
Não posso mais machucar esse meu coração que soa desentoado e que tem uma leve disfunção. Não posso ser cruel ao maltrata-lhe assim.
Pra isso preciso de tuas palavras, aquelas não-ditas, sabe?!
Não mande eu não confundir as coisas. Não percebes que elas já estão todas confundidas em minha mente?
Faça o contrário, desconfunda!
Mas se tiver que FICAR, diga, fica!
Caso contrário arranque teus pedaços de mim. Arranque tuas músicas.Teu cheiro impregnado em meu braço. Tua poesia completando a minha. Arranque tudo. Desmanche as prosas ao pé da lua. Desmanche o teu amor que um dia pintou em mim.

1 compartilhamento
Inserida por nandaribeiro90