Nanda Ribeiro: Eu sempre soube usar as falas certinhas...

Eu sempre soube usar as falas certinhas pra não te assustar, mas sei que no fundo você sabia que era amor. E aquele meu sorriso tímido de canto quando falávamos sobre ser uma loucura se apaixonar, era amor. Aquela bonita amizade e cumplicidade que não queríamos "confundir", era amor. Eu não te falava pra não correr o risco de tudo virar passado. Sem nenhuma lembrança boa na memória. Porque a lembrança é a prova de que tudo foi real. E pra que você saiba... Não, eu não confundi... o amor!

1 compartilhamento
Inserida por nandaribeiro90