Norma Baker: CONTINUUM Entender a conhecer-me. Não...

CONTINUUM

Entender a conhecer-me. Não existo? Existo
Sou o interregno entre eu e eu mesma
Na dualidade de ser o que os outros me fizeram,
ou metade desse intervalo, porque também há vida ...
Sou isso, enfim ...

Entender a conhecer-me. Não Existo? Existo
Encontro-me em vários lugares aqui e acolá;
Num mesmo espaço do tempo,
Ontem é hoje ,
Hoje é Amanhã e amanhã será o ontem....
Finalmente o ontem será o presente....
Sou isso, enfim...

Entender a conhecer-me. Não existo? Existo.
Contudo, todavia, entretanto...
Quem fui não me lembra senão como uma história apensa.
Quem serei não me interessa, pois já sou !
Assim como o futuro do mundo está no passado
Sou isso enfim...

Entender a conhecer-me. Não existo? Existo.
Sou natureza do tempo, da vida e da humanidade.
A vida me foi dada um bilhão de anos atrás.
Vejo, sinto, ouço tudo no todo....
Agora entendi a conhecer-me. Não Existo? Existo
Puro sofrimento, estou em toda parte....
Sou isso enfim...

1 compartilhamento
Inserida por NormaBaker