Ianca Lira: Um dia acordei mais cedo que o de...

Um dia acordei mais cedo que o de costume;
Notei que pela manhã, as andorinhas cantavam mais alegres, esbanjando sutileza e sublimidade.
Percebi que o canto dos pássaros e o barulho do vento, formavam a mais bela sinfonia,
E que aguardavam ansiosamente a chegada da chuva.

As flores desabrochavam com mais vigor, perfumando docemente o ambiente.
Enquanto meus olhos percorriam cada detalhe, senti que meu coração exultava de felicidade.
Naquele momento, pude compreender a beleza da simplicidade e sua importância para mim.
Eu poderia ser eu mesma, ali eu seria o melhor de mim.

O sol havia nascido, tão belo e radiante quanto nos outros dias.
Um espetáculo belíssimo formou-se com a chegada das primeiras gotinhas de chuva.
O céu, com sua magnífica capa azul celeste, parecia observar com muito contentamento,
A suavidade daquele encontro, e a preciosidade indescritível daquela cena.


O cheiro de terra molhada, ouvir as lindas canções dos passarinhos, levavam-me a infância.
Poderia sentir sensações esquecidas, relembrar velhos momentos de travessuras.
Podia ouvir a voz do meu pai, ver minha irmãzinha com seus cachinhos dourados,
Brincando de bonecas, e a minha mãe preparando um delicioso chocolate.

Eu realmente não sentia com a mesma intensidade quando criança.
Tudo era intensificado, podia sentir as lágrimas rolarem em meu rosto.
Logo as enxuguei, e mansamente meu coração transbordou de alegria.
Logo compreendi que uma tempestade abre as portas para um maravilhoso dia,
E que a felicidade encontra-se na simplicidade de cada coração.

1 compartilhamento
Inserida por IancaLira