Mariana Guerreiro: Ignorância: substantivo feminino,...

Ignorância: substantivo feminino, estado de quem ignora, falta de ciência ou de saber, incompetência. (Dicionário Priberam)

Não acredito que no mundo exista o bicho de sete cabeças, mas sim o de bilhões de cabeças, confusas, variáveis, inconsistentes, descompassadas, ligadas umas as outras, algumas ligadas no piloto automático, algumas leves, outras presas em grades imaginárias.
Nos ocultamos mesmo sabendo que não há nada de novo a se esconder, não há ato de bondade ou maldade maior que já não foi pregado a nós.
Somos adaptação, nos reproduzimos o tempo todo nas mais loucas e calculadas variações. O mais frustrante não é nem saber que não há nada de tão novo assim, decepcionante é ver que nos afundamos nas regravações ,o que deveria evoluir se dá tanto ao exagero que se perdeu.
_Perdido estamos, Perdido está o mundo!, Ouço da boca da pessoa que acaba de ver algo que julga tragédia.
_ Mas quando fomos achados?, quando fomos iluminados?. Criamos fantasias claras para ignorar o fato que não aprendemos de forma competente nem a repetir, repetir, repetir, repete..
Ignorar é o que aprendemos de melhor, ignorar a vida, os conceitos, os meios, o próximo, nos trocamos e trocamos os outros.
Ignorar é o que recriamos dentro da nossa prole , ignorar, ignorando que mesmo participando de uma base fantástica de ser, somos e sou ignorância.

1 compartilhamento
Inserida por mariana1993