Evan do Carmo: Minha poesia Minha poesia não é de...

Minha poesia Minha poesia não é de fado nem de medo, nem de tédio minha poesia não é de hoje aos que dela se alimenta não trás culpa nem remédio Minha poesia é ... Frase de Evan do Carmo.

Minha poesia

Minha poesia não é de fado
nem de medo, nem de tédio
minha poesia não é de hoje
aos que dela se alimenta
não trás culpa nem remédio

Minha poesia é riso ao que chora
minha poesia nunca foi despedida
minha poesia, inoportunamente fica
quando lhe pedem pra ir embora.

Minha poesia não é de angústia
nem de saudade dolorida
minha poesia vislumbrar o futuro
se agarra ao presente e dele suga vida.

1 compartilhamento
Inserida por EvandoCarmo