Maria da Penha Boina: Um novo amor Ah!... poeta, que vive um...

Um novo amor Ah!... poeta, que vive um novo amor Existiu amor no passado? não interessa Só se vive poeta, assim... Com o novo amor. E começa tudo do zero Com es... Frase de Maria da Penha Boina.

Um novo amor

Ah!... poeta, que vive um novo amor
Existiu amor no passado? não interessa
Só se vive poeta, assim...
Com o novo amor.

E começa tudo do zero
Com esmero
Sem certeza de nada
Somente olhos e juízo para o novo amor.

Ah!... poeta, e agora?
Sem a saudade, sem as memórias
Como ficarão as folhas... brancas?
Não poeta, serão as novas histórias.

A voz ao telefone é a mais doce
As mensagens as mais suaves
Tudo é curiosidade, novidade, aventura
Para os poemas de amor.

Ah!... poeta, estás delirante
Tudo mais aprazível, verdejante
Vai durar por um tempo
E surgirão somente, poemas de amor.

Delicia-se poeta desses momentos
E quando tudo acabar
Volte ao seu jeito indomável
De escrever o dissabor.

1 compartilhamento
Inserida por MariadaPenhaBoina