Delva Brito: A dor da perda de quem amamos Alguém...

A dor da perda de quem amamos
Alguém que amo (uma amiga) perdeu uma pessoa muito querida. Ficou triste, deprimida e mais solitária, guardando, inicialmente, esses sentimentos só para ela, o que a deixou pior.
Foi aí que conversamos e eu sugeri para ela compartilhá-los com mais alguém de sua confiança e/ou solicitar ajuda profissional.
Sabemos que, às vezes, quando as pessoas estão muito tristes, elas ficam com dor de estômago ou de cabeça etc. Essa minha amiga ficou muito deprimida.
Quando sentimos esse tipo de dor, além de procurarmos fazer o que está posto antes, podemos refletir sobre o que mais nos perturba e tomar algumas pequenas decisões que farão diferença no nosso “estado de dor”. Por exemplo: ler um livro preferido, conversar com alguém da nossa confiança, dar e receber um abraço que nos diga: “você não está sozinha, nós a amamos”, ou, quem sabe, encontrar alguém que dê colo ao nosso coração.
Isto pode não ser a solução mas é um dos caminhos para a superação da perda, enfim, é terapêutico.

1 compartilhamento
Inserida por DelvaBrito