Victor Motta: No meio da estrada No meio da estrada,...

No meio da estrada No meio da estrada, parado, olho à frente; o desconhecido, olho atrás; o nada. Tudo é nebuloso em figuras dispersas. A década perfeita dos an... Frase de Victor Motta.

No meio da estrada

No meio da estrada,
parado,
olho à frente;
o desconhecido,
olho atrás;
o nada.
Tudo é nebuloso
em figuras dispersas.
A década perfeita
dos anos dourados,
perdida.
Procurei nos teus olhos
minha própria certeza
esquecida
em alguma esquina de nós.
E, no passar do tempo
ao nos vermos
já não seremos os mesmos
amantes de outrora,
encantados,
encantadores,
mas sombras de um passado
varrido da memória,
mas presente nos corpos.

28 compartilhamentos
Inserida por Papagena