Leonardo Corrêa: Dona do meu texto! Este texto é uma...

Dona do meu texto!

Este texto é uma confissão, declaração, um desabafo.
As palavras escritas são normalmente mais belas que as ditas, pois são permanentemente belas, enquanto o falar perde-se no tempo.
Contudo, quando o dizer, constante na memória, nos transporta a um mesmo ambiente, um mesmo impacto da primeira vez, desfaz-se a necessidade de papel.
Admira-se mais que a construção elaborada das palavras a sensação que elas nos trazem.

Mesmo assim escrevo!!!
Quero sobreviver ao tempo em alguma parede de quarto, delicadamente recortado e colado por atenciosas e ternas mãos.
Quero que sorriam para mim quando eu for lido, e quero ser constante fonte de inspiração.

Mesmo assim escrevo!!!
Pois é mais fácil se livrar de convenções sociais, bloqueios pessoais, ou medo! Medo de mal interpretação. Medo de desistir de dizer. Pois as palavras ainda poderão ordenar-se, procurando um melhor sentido.

Mesmo assim escrevo!!!
Por não poder deixar de escrever. Por saber que serei bem vindo.
Escrevo para você. olhos amigos, donos deste texto, portanto, deste escritor.
Escrevo para que você sorria, e para que me faça sorrir.
Escrevo pelo interesse de poder lê-la como resposta.
E,finalmente, Escrevi a mensagem que gostaria de ter dito.

1 compartilhamento
Inserida por Leonascor