Moacir Luís Araldi: Rei de copas Trago o cheiro forte de...

Rei de copas Trago o cheiro forte de incenso. Espalhado em meus perfumados pensamentos. Ao longe, o barulho incessante de vento. A lareira ofegante ainda aquece... Frase de Moacir Luís Araldi.

Rei de copas

Trago o cheiro forte de incenso.
Espalhado em meus perfumados pensamentos.
Ao longe, o barulho incessante de vento.
A lareira ofegante ainda aquece aqui dentro.

Na claridade deficiente avisto um vulto.
A garrafa de vinho deitando-me insultos.
Meu interno titubeia em total tumulto.
Foge o menino, grita de longe o adulto.

Eu que não venci meu irmão pra fundar uma cidade.
Não fui grandioso pra estampar o rei de copas.
Não bradei descobertas geniais na minha mocidade.
Nem naveguei, ainda que trôpego, pelos mares da Europa.

A água no vaso não impede que as rosas murchem.
Nas estufas da vida novas flores surgem.
Não vou deixar a vida no cofre trancafiada.
Sigo, mesmo que lôbrega possa ser a jornada.

1 compartilhamento
Inserida por Moapoesias