Moacir Luís Araldi: DOIS VERSOS Faço de sonhos os meus...

DOIS VERSOS Faço de sonhos os meus versos, Opostos de mim que habitam o mesmo universo. Se o primeiro é cinismo que beira a loucura O segundo é feito de letras ... Frase de Moacir Luís Araldi.

DOIS VERSOS
Faço de sonhos os meus versos,
Opostos de mim que habitam o mesmo universo.

Se o primeiro é cinismo que beira a loucura
O segundo é feito de letras de candura.

Se um desfaz e deprecia
Segue-se o que exalta e alivia.

Antecipa-se aos olhos o que emociona,
Abrindo caminho para o que chora.

Grita alto o que interroga rebelado
Responde calmo o tolerante que me deixa silenciado.

Agiganta-se meu verso que é pedra na vidraça,
Se segura o outro que é de vidro e se estilhaça.

Cresce a ira do que me vaia e me critica
Entende-me o verso que me aplaude e me paparica.

Abre-se em cada linha o lírico de ternura explícita.
O mais grosseiro avança para fechar a lista.

Agressivo é o verso tenso que me desestrutura,
Mas o verso suave cava a sua sepultura.

O meu primeiro verso fala de amor.
O segundo... Ratifica o anterior.

(Primeira poesia publicada no meu blog: www.doisversos.com). Visite-me.

1 compartilhamento
Inserida por Moapoesias