Poeta Dolandmay: SONETO DA RAZÃO Nesta vida de...

SONETO DA RAZÃO Nesta vida de pressentimento altivo, Elevado e ardente como a chama, Que aos desejos incendeia e ama, É por teu prazer que o amor cativo... E ne... Frase de Poeta Dolandmay.

SONETO DA RAZÃO

Nesta vida de pressentimento altivo,
Elevado e ardente como a chama,
Que aos desejos incendeia e ama,
É por teu prazer que o amor cativo...

E neste sentimento insano, explosivo,
Que de ardor te deseja insana,
Endoidecida, a minha voz que clama,
É por tua espera que sonho e vivo...

Que bem, de paixão tanta, fosse à lua...
Mas, amor, que vivo pr’alma tua,
Que é de mim toda razão nesta vida!...

E, por antes, que não fosse à loucura...
Pois, que te vivo a desventura...
Mas, seja o amor como for, é a lida!

1 compartilhamento
Inserida por acessorialpoeta