Vilma Galvão: Despedida De tudo que vivemos, aprendi...

Despedida


De tudo que vivemos,
aprendi melhor a aceitar tudo,
a lhe ver sempre indo e voltando
para os meus braços...
Deixei de ser eu mesma
para habitar em seu mundo.
Esqueci de sonhar,
esqueci de viver,
apenas te amei...
Se hoje vejo-te partindo,
não me assusto,
apenas lamento os anos
que tentei ser feliz com você.
Lamento as alegrias que guardei
e que você não entendeu.
Lamento o amor
que você não amou.
Lamento a sua falta de saudade,
de compreensão...

Se hoje está me deixando,
é porque eu não fui capaz de completar algo,
talvez seja mesmo minha culpa,
porque aceitei sua volta depois de cada adeus...

Deixo-te ir...
Continuarei a viver,
a esperar que a vida o faça entender,
que tudo o que eu tinha
entreguei a você,
os meus melhores anos,
as minhas mais puras esperanças,
os meus mais eternos sonhos...
Talvez um dia você compreenda
o quanto amei,
e que só lhe desejei a felicidade,
e que agora em sua partida,
parte também o meu coração sonhador
vai para outro lado
em busca de alguém que saiba
ser amado...

1 compartilhamento
Inserida por vilmagalvao