Cecília Almeida: Desculpe, mas eu não sou muito fã das...

Desculpe, mas eu não sou muito fã das pessoas. Nunca fui, na verdade. Nunca fui de esperar muito dos outros. Gosto mesmo é do silêncio, eles reorganizam meus pensamentos. Quando estou sozinha simplesmente consigo respirar melhor. É uma fobia estranha, talvez, lugares lotados de pessoas me socam o estômago. Olhares. Ah, como eu odeio quando olham para mim. Nunca sei o que estão pensando e isso é apavorante, não me iludo com sorrisos, tampouco me prendo a palavras, as pessoas sempre tem algo a esconder, simples. Por isso elas me incomodam tanto, porque elas nunca são tão verdadeiras quanto aparentam ser. Minha alma poderia ser tão cristalina quanto um lago de águas claras e rasas, mas eu posso ser tão sombria quanto um bosque escuro e silencioso, o que sou depende de onde estou, de com quem estou. Sou tão mutável quanto errante. E quando estou sozinha simplesmente estou em paz, estou tranquila, e até me arrisco a dizer que feliz. Quase ninguém se respeita, as pessoas são imunes a dor alheia. Não se comovem, não sentem por ninguém... Desculpe-me por isso, mas prefiro estar sozinha, me convenci de que é melhor assim.

1 compartilhamento
Inserida por cecilialispector